terça-feira, janeiro 02, 2007

PEDRA NO RIO


Uma pedra no rio
Água que por ela escorre e a acaricia
Esperanças que por ela correm
Corrente que a molda e acalenta

Água fria que de tanto correr
A talha e transforma
Tropeçando em outras pedras
Em remoinho desenfreado até ao mar

Seixo firme e ancorado
Cabelos de algas
Corpo de estrela
Reflexos de luz

Sou um instante
Pedra que resiste enquanto o rio não pára
Água que passa enquanto o rio não esgota
Sombra que o Sol não esconde

Sou pedra no rio…


4 Comments:

Blogger MacLord said...

Pedra firme que no rio habitaa
Pedra Presente e Eterna
Pedra que consolida os Sonhos
Pedra Fria que acalenta

Pedra que Resiste e Preenche!

BB
)O(

02 janeiro, 2007 20:40  
Blogger Carlos said...

Um soberbo cântico à Natureza que vou referenciar neste início de ano. Como sempre, parabéns pela obra talhada na corrente do nosso imaginário.

03 janeiro, 2007 13:46  
Blogger MeyLy© said...

Titania! amiga... espero estés bien me gustó mucho la imagen que pusiste, las nubes son uno de los elementos más hermosos que nos regala el cielo. Yo quisiera ser una nube.

En fin, cuidate mucho! saludos con las brisas :)

25 janeiro, 2007 01:55  
Anonymous mfn said...

Olá Titanicamente,

somos pedras de um rio de vida sim...

Vida que nos trabalha enquanto trabalhamos na vida e pela vida da luz. Rasgamos cabelos nas sombras que a lua nos dá e sorrimos nas imagens do sol que nos aquece o corpo, a alma e o desejo de amar.

Somos um instante como vida e morte de um rio. Reflexos de movimentos nos marcam e lançam nas nuvens ou trevas deste mundo cada vez mais oceanico...

Maravilhoso este "Pedra no Rio".

Bj,
mfn

28 janeiro, 2007 15:23  

Enviar um comentário

<< Home


Druidess Druid