terça-feira, junho 03, 2008

PAUSAS


Pausas… tempos forçados de paragem
Tempos sem palavras
Tempos necessários de recomeço.

Ouvindo o silêncio
Preparando o bulício
Libertando a ansiedade.

Antecipando as palavras
Antecipando o dia que se segue
A Vida que continua.

Pausas que não significam o fim nem alteram o rumo, mas ensinam a esperar
Pausas que permitem descansar para confiantes sermos capazes de continuar
Pausas que uma vida a prestações nos impõe, nos abala e determina

Guardando carinho e ilusões no mesmo cofre para abrir um dia…

3 Comments:

Blogger DelfimPeixoto said...

Faz uma pausa nessa pausa e deixa as palavras voltarem ...
jnhs

17 junho, 2008 15:47  
Anonymous NOS said...

Passando e deixando um beijo!!!

21 junho, 2008 17:56  
Blogger O Profeta said...

É explêndido o teu espaço...aquí mora o encanto...


Doce beijo

23 junho, 2008 15:20  

Enviar um comentário

<< Home


Druidess Druid