quinta-feira, novembro 10, 2005

A LUZ DUMA ESTRELA

Agarrei a Luz duma estrelinha que brilhava. Brilhava e reluzia...
Muitos viam a Luz mas não a Essência, outros a Essência mas não o Grito, outros o Grito mas não os Demónios...
E a estrelinha brilhando sempre... por vezes tímida atrás das nuvens, por vezes a sorrir de braços abertos, sempre longe da constelação e do barulho quase insuportável de todas aquelas luzes.
Do meio do Universo agarrei aquele Brilho, Azul e Especial, não para dar uma volta mas para dançar!
Com Serenidade

Com Ternura
Com Amor
Como uma Princesinha...

4 Comments:

Anonymous fran said...

Tu blogs es una maravilla y me gusta mucho,ya tienes un lector mas, un beso desde españa

10 novembro, 2005 23:10  
Blogger MacLord said...

Por entre o Céu Estrelado uma voz Sussura.
É Som Sagrado, É Desejo Manifestado.
E de Olhos Erguidos Vislumbramos Cometas que Passam.
E Sentimos o Calor de mãos que Nos Tocam.
Assim Embalados, Sonhamos e os Sonhos Tornamos Realidades.

BB
)O(

11 novembro, 2005 11:45  
Blogger Ariadne said...

Uau !

Isto agora foi filigrana vocabular ! Minha Amiga, as tuas letras são uma delícia... muitos beijinhos para ti.

BB

11 novembro, 2005 20:18  
Blogger [ M.i.s.s U.n.p.e.r.f.e.c.t ] said...

wow nice blog...

12 novembro, 2005 04:55  

Enviar um comentário

<< Home


Druidess Druid